quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Surrealistas na Cordoaria Nacional


Inaugurou o mês passado na Cordoaria uma exposição dos surrealistas portugueses , uma exposição que merece um destaque no Estórias com Livros porque tem as obras dos nossos grandes escritores portugueses surrealistas, cuja pintura fica, normalmente, esquecida. É o caso de Mário-Henrique Leiria, Pedro Oom ou António Pedro.
Uma viagem fantástica pelo mundo surrealista, com quadros e esculturas que mostram bem as várias facetas deste movimento. Sempre defendi que o surrealismo, ainda que fascinante no seu fundo, era muito escolar, um movimento inventado antes de existir. Esta exposição mostra que o surrealismo escolar ficou pelos anos 50 mas que o surrealismo enquanto movimento artístico se estendeu até hoje. Podemos ver quadros de Cesariny de 1998 ou desenhos de Paula Rego e Ana Hatherly. A não perder, até porque esta será a última exposição da Cordoaria, que passará a ser o Museu dos Coches.








desenho de Mário-Henrique Leiria

Sem comentários:

A minha canção podia arder-me

17 de Novembro 21h30 Cossoul Av. D. Carlos I 61 Lisboa  Há vários conceitos de escrita, o difícil é reconhecê-los sem cair em f...