quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Surrealistas na Cordoaria Nacional


Inaugurou o mês passado na Cordoaria uma exposição dos surrealistas portugueses , uma exposição que merece um destaque no Estórias com Livros porque tem as obras dos nossos grandes escritores portugueses surrealistas, cuja pintura fica, normalmente, esquecida. É o caso de Mário-Henrique Leiria, Pedro Oom ou António Pedro.
Uma viagem fantástica pelo mundo surrealista, com quadros e esculturas que mostram bem as várias facetas deste movimento. Sempre defendi que o surrealismo, ainda que fascinante no seu fundo, era muito escolar, um movimento inventado antes de existir. Esta exposição mostra que o surrealismo escolar ficou pelos anos 50 mas que o surrealismo enquanto movimento artístico se estendeu até hoje. Podemos ver quadros de Cesariny de 1998 ou desenhos de Paula Rego e Ana Hatherly. A não perder, até porque esta será a última exposição da Cordoaria, que passará a ser o Museu dos Coches.








desenho de Mário-Henrique Leiria

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Mulheres Escritoras (parte IV)



ROSA ALICE BRANCO


"Palmeiras inclinadas. Ao longe o casario. É na água que o vejo, que sinto a cidade acordar.
Mais uma mulher que olha o rio. Tenho as mãos desatadas, os pés a caminho. As margens alargam quando estou perto, mas do outro lado as mulheres não reflectem o rosto ou mesmo a sua ausência.
São matéria do verbo fazer e caminham junto ao chão, na curva da noite para o marido. Gastos os sonhos por usar. Descorado pano que ficou ao sol. Nelas a cidade não acorda, não regressam os barcos à tardinha.
Vêm pela beira dos caminhos, a tristeza amável, a raiva cega e às vezes um sorriso que sacode os ombros porque até a tristeza tem um custo, uma esperança na sola do sapato. Vejo-as todos os dias e é como se a vida me atasse os pés, me anelasse os dedos. Como eu, outras mulheres olhando o rio, desbordando o pano, descozendo a sopa. Ama-se o homem que vira a esquina connosco e sabe que não podemos fingir que a ferida está fechada. As casas acendem.
E na água que vejo a sua luz descendo o rio. As mulheres passam em silêncio para as casas, atravessam a pele — deixam um retrato puído nas entranhas. Olho o rio e não sei fingir que finjo tanto mar. "

Mulheres Escritoras (parte III)


ANA TERESA PEREIRA
Uma autora discreta, talvez a mais discreta das grandes escritoras portuguesas. Com um escrita que toca a literatura gótica mas que nunca se deixa denominar. As personagens transitam de livro para livro sendo que cada livro é uma parte de uma obra maior, inacabada. Um ambiente único e difícil de descrever. Só lendo, porque nada é sequer parecido com a escrita de Ana Teresa Pereira.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Mulheres Escritoras (parteII)


PATRÍCIA MELO


Escritora brasileira com grande divulgação no Brasil, P.M. traz-nos a realidade crua das favelas brasileiras. Num discurso alucinado e fervoroso, sentimo-nos entrar dentro da vida das personagens. A impossibilidade de os salvar é real e angustiante e é essa vida do livro, o sentir que estamos lá dentro, que transforma P.M. numa escritora verdadeiramente fascinante. Com ecos do filme Cidade de Deus (baseado na obra de Ruben Fonseca, que a escritora segue e admira) o Inferno é a sua grande obra.

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Mulheres Escritoras (parte I)

A pedido de várias pessoas vou deixar aqui alguns exemplos de mulheres que escrevem... bem.


AMÉLIE NOTHOMB



Nasce a 16 de Agosto de 1967, no Japão. É uma escritora belga.


Uma escritora desconhecida em Portugal, mas que vale (muito) a pena ler em Francês. Sob uma máscara de quase normalidade A.N. perverte a natureza humana em histórias curtas que tocam o surrealismo. Num ambiente negro, as histórias de A.N. revelam-se surpreendentes e com um admirável sentido de humor.

Curso de Literatura Infanto-Juvenil

Associação Cultural Respigarte
Apresenta

CURSO DE LITERATURA INFANTO-JUVENIL
(textos e problemáticas)
com Rosa Azevedo


17, 24 e 31 de Março e 7 de Abril

3as feiras
19h – 20h
(Sócios 12€ - Não Sócios 17€*)


Centro InterculturaCidade
Rua dos Poiais de S. Bento, nº 73 A


Para inscrições e outras informações
http://www.respigarte.blogspot.com/
respigarte@gmail.com
936584536

*Ser sócio da Respigarte custa 5€ por ano. Inscrição pode ser feita no acto de pagamento do curso.

Lista de Livros do Clube do Livro da Respigarte

28 Fev – Castelo, Kafka
28 Mar – Levantado do Chão, Saramago
2 Maio – Leste do Paraíso, Steinbeck
30 Maio – Mistério do Vális , Philip K Dick
27 Jun – Lua e cinco tostões, S. Maugham
25 Jul – Mesmo Mar, Amos Oz
26 Set – Sombra do Vento, Carlos Ruiz Zafón

Como sempre, na Trama

Nos últimos sábados de cada mês, às 18h!

Estivemos silenciosos

Mas o blog está de volta! Enviem sugestões de leitura, conselhos, dicas de feiras e livrarias e tudo o mais que quiserem para rosa.b.azev@gmail.com

Manuel Resende

Manuel Resende, Em Qualquer Lugar seguido de O Pranto de Barlomeu de Las Casas , &Etc, 1997