segunda-feira, 27 de agosto de 2012

novo projecto com pedido de ajuda

caros amigos caras gentes dos livros e das suas áreas vizinhas caros todos,
tenho um novo projecto em mãos que mais uma vez precisa da vossa ajuda.

comecei a pensar no que seria passar a vida sem ler. revistas, jornais. sem ler as pessoas, as expressões, a linguagem corporal. sem ler ementas do restaurante. sem ler legendas de filmes. e, finalmente, sem ler livros. e foi aqui que pensei que podia fazer alguma coisa. o meu primeiro trabalho foi gravar audio-livros para crianças cegas, amblíopes e de baixa visão para o Ministério da Educação. e aquele trabalho tão simples fazia sentido. e é nesse sentido que pretendo pegar agora.

a ideia é fazer audio-livros por encomenda. um trabalho totalmente voluntário. acredito que é importante que o trabalho de cada um seja pago e infelizmente muitas vezes a remuneração por um serviço valida-o. no entanto acredito que em determinadas alturas na nossa vida temos de conseguir fazer algo que não esteja apenas acessível a quem pode e sim a todos. a única coisa que é necessário é que quem queira um audio-livro escreva um e-mail para leremvozalta@gmail.com e procure nesse e-mail explicar o porquê de determinada pessoa querer aquele determinado livro. a razão deve centrar-se no livro, sempre, na escolha do livro. os livros podem ser de todos os tipos. podem até ser estrangeiros. o tempo de gravação é negociado com o cliente de acordo com o tamanho do livro, com a disponibilidade dos técnicos e com a minha disponibilidade. o livro é absolutamente pessoal por isso podem ser partes de livros, conjuntos de livros, e podemos gravar dedicatórias ou outras mensagens e/ou comentários pessoais.

agora é nesta parte que vocês entram:

- eu vou ler os livros e fazer a produção do projecto. com o tempo e se isto crescer (que espero mesmo que sim) vou precisar de mais voluntários para ler.

- preciso de técnicos de som que aceitem trabalhar nisto sem remuneração. não tem de ser um para a totalidade dos livros, pode ser um por livro ou por alguns livros. por técnico de som refiro-me a alguém que possa gravar e montar o livro enquanto eu o leio, que tenha os materiais e os conhecimentos necessários a essa função. a minha disponibilidade é finais de tarde e fins de semana, no entando podem surgir outros leitores com outros horários. moro em lisboa portanto é esta a zona onde estou sempre. posso no entando deslocar-me a outras zonas num fim de semana de trabalho intensivo.

- preciso de criar um site para o projecto. uma coisa muito simples onde se fale do projecto, se procure clientes e voluntários e onde, eventualmente, se possa mais tarde descarregar livros.

- preciso de um nome! preciso de um nome bom para isto!

- preciso de divulgação do projecto. sobretudo para procurar técnicos e clientes.

a quem conseguiu chegar ao fim deste post, um muito obrigada. ler isto foi fácil. agora vamos lá ler livros?

um bem haja a todos desde já

22 comentários:

maria disse...

Ador4o ler desde criança e agora tenho pensado que como voluntária gostava de ler para quem não pode ou não sabe. Adorava.Conte comigo.
Estou disposta a partilhar também. Obrigada
Fátima

Joana disse...

Olá!
Também me ofereço para participar neste projecto, que me parece muito interessante e de alguma utilidade.
Infelizmente não tenho capacidades ao nível do som e da web, mas tenho um gosto enorme pela leitura, por isso quando chegar a fase em que for preciso gente para ler, fá-lo-ei com todo o gosto!
Beijinhos, Joana Costeira

jmcosteira@hotmail.com

(",) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
(",) disse...

Sou uma eterna sonhadora. Ler é uma das coisas que me dá mais prazer, se o podesse fazer e ajudar alguém ao mesmo tempo seria aliar o bom ao agradável :D
Vou juntar um grupo de amigos e ver se é possivel ajudarmos (em termos tecnicos quer com as gravações quer com o site). Gostei mesmo da ideia, quando tiver mais informações virei aqui dizer se conseguimos ajudar em algo.
Desejo as maior sorte para o projecto :D

Filipa Brito
filipa.a.f.brito@gmail.com

Catarina Pires disse...

Adorei a sua ideia, parece-me um projecto bastante interessante. Ultimamente tenho tido acesso a alguns audio-livros pois vou viver para Londres e tem sido uma maneira de melhorar o meu nível de inglês. Pensar nos audio-livros como uma "ferramenta" para possibilitar que crianças cegas possam ter acesso a livros que não teriam noutras circunstâncias,parece-me uma ideia bastante altruísta. Embora não tenha competências nas áreas que pediu, sempre gostei bastante de ler em voz alta, pelo que caso o projecto se desenvolva nesse sentido, terei todo o gosto em colaborar consigo.

Pandi disse...

Adoro! Eu posso ler, adoro ler para outros apesar de não ter a melhor voz do mundo! Se precisares envia me mail para pandajoana@gmail.com. Resido em Lisboa mas também tenho disponibilidade para fazer isto em Coimbra ao fim-de-semana :)

J. disse...

ola rosa,

que optima ideia! este ano gravei um livro audio e gostei imenso da experiência. utilizei um programa bastante facil, mas o tratamento tecnico foi, depois, feito por outras pessoas, especializadas na area. em todo o caso, se puder ajudar em alguma coisa, ler em voz alta ou partilhar esta experiência estou disponivel.

o meu mail é mllecoccinelle@gmail.com

:)

Marisa Coelho disse...

Bom dia, :)

este seu artigo foi-me enviado por mail por uma amiga com o comentário: "este projeto é a tua cara, ou melhor a tua voz...". Pois é verdade de facto. Por vezes a palavras ouvida é mais forte, que a escrita... estou ao seu dispor para ajudar naquilo que for necessário, tanto em recursos de som, como web ou voz. Espero ser uma projeto com pernas para andar e que haja outros que possam dedicar um pouco do seu seu tempo a um projeto tão nobre quanto este...

Um bem haja pela sua iniciativa
M.

coelhamiope@gmail.com

Unknown disse...

Tambem gostava de participar dando voz.
Obrigada.
Daniela dsgoliveira@gmail.com

Alexx disse...

Sugestão para nome: Ler de Ouvido
(a pensar no público para quem isto vai ser feito. Eles vão ler através dos ouvidos)

Não tenho capacidades técnicas mas também adoro ler em voz alta e faço as vozes dos personagens ;)
Se for preciso ajuda, contem comigo!

alexxya.martins@gmail.com

Abraço,

Alexandra

Baco disse...

Não querendo parecer pontífice, gostava de lembrar isto e aquilo.

As obras têm direitos, frequentemente para qualquer meio de suporte.

As associações de cegos têm feito e coordenado esse trabalho há décadas (do tempo da fita gravada). Frequentemente têm listas de livros que precisam de ser gravados. Muitas vezes são pouco interessantes, como sejam livros de texto.

Há programas que transformam texto em formato de computador em ficheiros de audio. Podem facilitar muito o trabalho, mas as próprias vozes são propriedade das companhias que produziram o software e têm direitos.

No restante, força!

Unknown disse...

Tendo em conta o que disse o Baco, que são factos reais, também me ofereço para o que for preciso. Já fui professora de Português no Secundário durante 20 anos, já cantei durante muitos anos (amadora, em coros), e já fui editora durante 14. Neste momento estou desempregada, tenho muito tempo e a voz no sítio. Usem-me.

Unknown disse...

No post anterior, o contacto é mapvasconcelos@gmail.com

Filipa disse...

Olá boa tarde! Conte comigo desde ja pff para as leituras e este fds vou ver se arranjo um técnico de som que nos possa ajudar neste projeto relativamente ao qual desde já lhe dou os meus parabéns!!O meu nome é filipa curto e o meu email filipa.curto@gmail.com Obrigado por nos dar esta oportunidade!

Bikitim disse...

Felicito-a pela ideia, que é, de facto, maravilhosa.

Ofereço os meus préstimos para a leitura (e para revisão, se houver textos que não hajam sido tratados); sou professora do 1.º ciclo há décadas, leio muito em voz alta.

Subscrevo as palavras sensatas de Baco - seria lamentável que um projecto altruísta e envolvente como este viesse a dar problemas.

E parece-me delicioso o título sugerido por Alexandra.

Um abraço a todos.
Cristina
(Lisboa)
csc.reticencias@gmail.com

Thoughts in Strawberry Drops disse...

Olá, chamo-me Bárbara e sou informática. Estou aqui para disponibilizar a minha ajuda para este projecto que me parece de grande interesse. Ofereço-me para construir o site para o projecto! Diga coisas :).

barbarasofia7@gmail.com

Paulo Luis disse...

Bom dia.
Neste momento produzo audiolivros e esta parece ser uma boa ideia, que no entanto parece-me ser dificil de concretizar num método apenas de voluntariado. Tirando toda a parte legal do assunto, e sendo que não seriam edições comerciais, alerto que uma produção média de voz falada com boa qualidade (e a "boa qualidade" deve ser o patamar minimo que todos nós devemos ter, para fazer qualquer tipo de trabalho, seja remunerado ou não) tem uma relação de cerca de 2 a 3 horas de gravação de voz para cada hora finalizada, e de 5 a 6 horas de produção de estúdio para cada hora finalizada, tirando a parte de estudo, análise, regravação de erros, masterização, indexação e conversão de formatos. Para ser bem feito convém ser gravado em estúdio ou numa sala tratada acusticamente. Apoio tudo o que seja feito para divulgação e crescimento do mercado do Audiolivro, mas se não houver um patamar minimo de qualidade corre-se o risco de não ser favorável para ninguem, seja na vertente comercial, seja noutra mais voluntária, para o ouvinte e para o produtor.
Existe a librivox.org que tem este conceito de voluntariado, e se compararmos com a audible.com, percebemos imediatamente que são dois mundos diferentes.
Força com o projecto, mãos à obra, este País precisa é de gente que faça coisas.
Paulo Luis

rosa disse...

tenho recebido todas as vossas mensagens e apesar de não estar a conseguir responder uma a uma agradeço a ajuda e registei os voluntários. quanto à questão dos direitos de autor, tudo será tratado e nada será feito à margem da lei. poderá não ser fácil mas não é impossível. estamos a tratar disso.
agradeço a todos o apoio e palavras simpáticas, é fácil ver que assim isto vai mesmo para a frente!

jes disse...

Olá Rosa,
uma excelente ideia, esta.
Da minha parte, ofereço a colaboração no site (a minha área profissional) e a colaboração nas leituras.
Se for necessária colaboração noutro tipo de coisas, que por vezes aparecem, estou ao dispor.
João E. S.
jesquilo arroba gmail ponto com

Rosa do Adro disse...

Adorava participar, mas a trabalhar por turnos e um part time para gerir não sobra muito tempo, mas no entanto acho que posso sugerir a "Alhos Vedros TV", talvez eles possam ajudar ou indicar quem possa e quem saiba fazer esse trabalho.

Boa sorte!!!

Belinha disse...

Que bela ideia!
Parabéns! :)
Gostaria muito de o ajudar, apenas posso oferecer a minha voz se precisar e divulgando no grupo que tenho no FB.
https://www.facebook.com/groups/205090286189615/

Uma amiga partilhou la o teu blog e vou partilhando sempre que possível! Quem sabe alguém possa ajudar na parte técnica...

Unknown disse...

Estou disponível.

dflpinto@gmail.com

Abraço Fernanda Luísa

Nós no Festival Silêncio, com a Cossoul

Este ano a Cossoul junta-se ao  Festival Silêncio  enquanto Parceiro Estratégico. Assim, o nosso espaço recebe parte da programação do Festi...