sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

(ontem passei a noite a ler Al Berto. Hoje sou um bocadinho melhor)

corpo
que te seja leve o peso das estrelas
e de tua boca irrompa a inocência nua
dum lírio cujo caule se estende e
ramifica para lá dos alicerces da casa
abre a janela debruça-te
deixa que o mar inunde os órgãos do corpo
espalha lume na ponta dos dedos e toca
ao de leve aquilo que deve ser preservado
mas olho para as mãos e leio
o que o vento norte escreveu sobre as dunas
levanto-me do fundo de ti humilde lama
e num soluço da respiração sei que estou vivo
sou o centro sísmico do mundo

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Curso Literatura Portuguesa séc. XX

Livraria Trama
Rua São Filipe Nery, 51-A (perto do Largo do Rato)
Inscrições para livraria.trama@gmail.com ou rosa.b.azev@gmail.com

17 Jan a 7 Mar 2011
(todas as 2as feiras à noite)
21h às 22h
65€

PROGRAMA

17 Janeiro
realismo, naturalismo, simbolismo, revoluções culturais do início do século, abertura para o modernismo
24 Janeiro
modernismo, contexto cultural da época: os intelectuais e a literatura
31 Janeiro
surrealismo: surrealismo a tempo (Cesariny)
7 Fevereiro
surrealismo tardio (Mário Henrique Leiria), surrealismo disfarçado (Alexandre O'Neill), outros surrealismos (Luiz Pacheco)
14 Fevereiro
neo-realismo: movimento revolucionário com máscara (Mário Dionísio, Soeiro Pereira Gomes, Carlos de Oliveira).
21 Fevereiro
anos 50 a 70: literatura sem marca. Vergílio Ferreira e o Existencialismo.
28 Fevereiro
nova literatura: novos autores, consagrados e outros, revistas literárias, consagradas e outras
7 Março
balanço

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Alexandre O'Neill

Nesta curva tão terna e lancinante
que vai ser que já é o teu desaparecimento
digo-te adeus
e como um adolescente
tropeço de ternura
por ti.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Os Mal Comportados

Cesariny
Rimbaud
Mário Henrique Leiria
Luiz Pacheco
Henry Miller
Sylvia Plath
Antonin Artaud
Hunter S. Thompson
Bukowski
Boris Vian
Dorothy Parker
William Burroughs
Samuel Beckett
José Gomes Ferreira
Almada Negreiros
Alexandre O'Neill
Jack Kerouac
Oscar Wilde
Jonh Fante
Pier Paolo Pasolini
Marquês de Sade
Mallarmé
Anais Nin
Dinis Machado
Harold Pinter
Machado de Assis
Irvine Welsh
Dostoievski
Brecht
Tony O'Neill
Lydia Lynch
Cortázar
Kurt Vonnegut
Flannery O'Connor
Verlaine
Byron
Shakespeare
Allen Ginsberg
Simone de Beauvoir
J. L. Borges
Edgar Allan Poe
Jack London
Ary dos Santos
J. P. Sartre
Camus
Vitor Sanches
Gorki
Gogol
António Gancho
Herberto Helder
Niccolò Ammaniti
Dante
Rulfo
Mishima
George Orwell
Majakovsky
Jean Genet
Conde de Lautréamont

Quartos Alugados, Alexandre Andrade

Escrever sobre Alexandre Andrade é uma tarefa ingrata porque há escritores de quem apetece guardar silêncio. Isto porque são escritores d...