terça-feira, 8 de maio de 2018

Dark Chambers #01

Uma noite de Dark Poetry e Dark Music, na Cossoul.

[O Dark Chambers é uma proposta de exploração poética, literária e musical de ambientes e temas sombrios, ocultos ou fantásticos. Faz-se do encontro entre a poesia de autores como William Blake, com a sua corte de cores escuras, e de música com afinidades com o dark folk ou o dark ambient. O bar da Cossoul abre as hostilidades com leituras encenadas de poesia de um dos mais sombrios franceses, Charles Baudelaire (por Rosa Azevedo), de um quase desconhecido norte-americano adoptado por um casal blavatskiano, Robert Duncan (por Ana Salomé) e do supremo vocalista de Mão Morta, Adolfo Luxúria Canibal, com o seu livro 'Todas as Ruas do Mundo' (editado pela Do lado esquerdo, 2013) (por André Carvalho). Recebe também Peter Wood para um concerto de blues com ventos nocturnos. Apareçam!]




21:30
Warm up

21:50
Baudelaire, por Rosa Azevedo

22:40
Robert Duncan, por Ana Salomé

23:00
Adolfo Luxúria Canibal, por André Carvalho

23:30
Concerto Peter Wood

Peter Wood criou-se no Cacém. Com a imaginação inflamada pela guitarra primitiva de John Fahey e Frank Ferreira, compõe música que cruza o blues poeirento com o uivo saudoso do comboio inter-regional na noite lúgubre do subúrbio. A guitarra acústica, sem mistura, domina o repertório. Por vezes solta a voz invocar os ciprestes do Mississippi ou os barqueiros do Volga.
Gregário, é por vezes avistado em bandos, por exemplo, com Joana Guerra, com quem forma os Hidden Circus dos Asimov. Segundo uma tradição antiga, chegou mesmo a ser Brainwashed by Amalia. Traz música nova e histórias para contar (enquanto afina a guitarra), bem como exemplares recentemente resgatados do cd-r de estreia (2015), com capa linogravada pelo artista sobre desenho da traça desconhecida.

Evento facebook

Sem comentários:

Ainda preciso escrever sobre Erskine Caldwell

Ando há uns tempos a desenvolver um fascínio por alguns escritores que não são escritores de obras primas, mas que usam a palavra para mar...