quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

dia cortázar




se só tivermos um amor na vida, este é o meu, e hoje é dia de pensar nele e ouvi-lo falar. ele que diga o que quiser, qualquer coisa, até pode estar a ler o manual de instruções da torradeira.
ah! e se descobrir a pessoa que tem em casa o Histórias de Cronópios e de Famas, mato-a. mesmo. sem fofices. 





Sem comentários:

Clarice Lispector

À Descoberta do Mundo, Clarice Lispector, Relógio de Água