sexta-feira, 16 de setembro de 2016

curso de literatura portuguesa séc. XX


de 18 de Outubro a 15 de Novembro
3ª feiras, 19h às 20h


O curso vai debruçar-se sobre a literatura portuguesa do séc. XX e XXI, de um ponto de vista generalista num caminho pela eclética e contrastante história da nossa literatura, sempre com o foco no leitor e na importância que a estreita relação do autor com o seu leitor teve no desenrolar dessa mesma história. As cinco sessões pretendem dar uma visão alargada do que se passou em Portugal no séc. XX até aos dias de hoje, procurando um paralelismo com os principais movimentos artísticos mundiais.


programa
1a sessão
realismo, naturalismo, simbolismo, revoluções culturais do início do século, abertura para o modernismo
2a sessão
modernismo, contexto cultural da época: os intelectuais e a literatura
3a sessão
surrealismo
4a sessão
neo-realismo: movimento revolucionário com máscara
anos 50 a 70: literatura sem marca
5a sessão
a literatura do agora, a que resiste e a que há-de resistir
preço
75€ \ 55 € sócios Cossoul (preço anual de sócio 18€)
até 5 de Outubro: 65€ \ 45€ sócios Cossoul (preço anual de sócio 18€)



autores
eça de queirós, cesário verde, ângelo de lima, fernando pessoa e heterónimos, mário de sá-carneiro, mário cesariny, antónio josé forte, mário henrique-leiria, antónio maria lisb oa, manuel de lima, herberto helder, manuel da fonseca, manuel de castro, luiz pacheco, alexandre o’neill, carlos de oliveira, mário dionísio, maria velho da costa, rui nunes, vergílio ferreira, maria gabriela llansol, nuno bragança, josé saramago, ana teresa pereira, teresa veiga, antónio ramos rosa, afonso cruz, valério romão, gonçalo m. tavares entre outros


rosa azevedo
Formada em Literatura Portuguesa e Francesa tem curso minor em Literaturas do  Mundo e tem mestrado em Edição de Texto. Tem realizado desde 2007 diversos cursos de literatura  portuguesa e hispano-americana, para além de outros trabalhos de produção ligados à literatura, nomeadamente na área do surrealismo e da edição independente. Fundou e foi presidente da Associação Cultural Respigarte e do grupo teatral A Mancha. É produtora do Reverso – encontro de autores, artistas e editores independentes, do Colectivo Prisma e do Muito Cá de Casa da Casa da Cultura de Setúbal, onde é também moderadora. Colabora com a direcção da Cossoul em questões de produção, programação e associativismo.  Mantém o blog estórias com livros.
Foi livreira e hoje é produtora, formadora, revisora e dinamizadora / divulgadora da área dos livros.

rosa azevedo


936584536

Sem comentários:

A minha canção podia arder-me

17 de Novembro 21h30 Cossoul Av. D. Carlos I 61 Lisboa  Há vários conceitos de escrita, o difícil é reconhecê-los sem cair em f...