quinta-feira, 7 de novembro de 2013

surrealistas a rockar há 60 anos e hoje ainda (pensamento fresco como uma alface)



"notamos a necessidade dum maior desenvolvimento da 'consciência individual' como forma de evolução duma 'consciência colectiva' que, por si mesma, mantenha a liberdade de acção-movimento a cada um dos seus componentes. A transformação social (meio em que o homem vive) depende fundamentalmente da transformação do homem." 

Mário Henrique Leiria, 1952

5 comentários:

abjecto disse...

o valter hugo mãe, conheces, esse surrealista? é muita fixe. lol. boris vian. minúsculas. ah. a literatura, ah.

rosa disse...

vá, há um dia que já chega de parvoíce e dizes quem és, não? ou há um gosto especial por ser parvo por blogs aleatórios? há dias que tem piada. outros que é pequenino, só.

abejcto 2 disse...

sou a consciência abjecta.
tem medo muito medo.
plim.

rosa disse...

pfff

abejcto 2 disse...

tesoura a cortar!

Três Marias