quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

a palavra do dia é

uma grande tristeza. uma palavra absurdamente preconceituosa no priberam. a nossa cultura ocidental desenhou alguns conceitos que nos reprimem e nos tornam vítimas de uma necessária subserviência ao outro, sempre em linhas descendentes.
pois que não gosto nada disso. o respeito deveria ser horizontal. deveria ser a procura do outro no que o outro tem de pleno e real - dentro da acepção que o próprio pretende espelhar. o respeito enquanto entendimento pleno do outro agrada-me mais.
portanto meus caros eu reinvento o dicionário se tiver de ser mas respeitar é dizer e fazer coisas desagradáveis, não aceitar a deferência perante os outros pois isso diminui sempre os dois lados, defendo que só se respeita o outro se não nos submetermos, nem contentarmos, nem obedecermos, nem acatarmos mas antes entendermos o outro em pleno. respeitar é não ter medo, é saber que se é, em absoluto, e que é isso que passamos ao outro e que queremos que o outro nos passe a nós.


damn you priberam. 


res·pei·to
(latim respectus, -us, acção de olhar para trás, espectáculo, atenção)
substantivo masculino

1. Sentimento que nos impede de fazer ou dizer coisas desagradáveis a alguém.

2. Apreço, consideração, deferência.

3. Acatamento, obediência, submissão.

4. Medo do que os outros podem pensar de nós. = RECEIO, TEMOR

Sem comentários:

Três Marias