sexta-feira, 28 de março de 2014

o que por palavras nos está oculto,
no silêncio crepita
em intimidade

José Tolentino Mendonça

Sem comentários:

Manuel Resende

Manuel Resende, Em Qualquer Lugar seguido de O Pranto de Barlomeu de Las Casas , &Etc, 1997