quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

mudar de vida I

começar  a aproveitar os fins de tarde outra vez e ler nos cafés. Se não podemos ir a Buenos Aires, Buenos Aires vem até nós. aproveitar o que os livros foram em Buenos Aires, o que a solidão foi em Buenos Aires. mas agora em Lisboa.

Sem comentários:

Clarice Lispector

À Descoberta do Mundo, Clarice Lispector, Relógio de Água