quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

mudar de vida II

esquecer o conforto dos dias passivos e dizer o que penso sobre este amor, mesmo que isso me faça ser uma pessoa que gosto menos, se correr mal.

"a fazer-me à vida. urge o amor e a poesia e não há mais tempo a perder."

Sem comentários:

Ainda preciso escrever sobre Erskine Caldwell

Ando há uns tempos a desenvolver um fascínio por alguns escritores que não são escritores de obras primas, mas que usam a palavra para mar...