quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Livreiro Velho, este ano, nas comemorações dos 40 anos da Culsete

"se as pessoas forem inteligentes percebem que eu tenho pouca importância mas que nós valemos a pena. e que nós somos eu e tu."


Sem comentários:

Ainda preciso escrever sobre Erskine Caldwell

Ando há uns tempos a desenvolver um fascínio por alguns escritores que não são escritores de obras primas, mas que usam a palavra para mar...