quarta-feira, 2 de outubro de 2013

os cadáveres esquisitos

hoje foi o dia do curso em que foram todos surrealistas.

jogar com o acaso objectivo, definição de Breton, significa retirar da formação da obra de arte toda a racionalidade. juntar ao acaso perguntas e respostas, juntar palavras recortadas ou fazer cadáveres esquisitos em papel significa deixar que a nossa razão esquartilhada crie obras de arte que, após completas e já sem rasto da forma como foram feitas, possam trazer ao leitor sentidos que na verdade não possuíam. porque se os surrealistas conseguem ou pretendem conseguir afastar a razão da construção artística os leitores não têm de o fazer procurando e encontrando esse mesmo sentido, que poderá ser diferente para cada um. a arte surrealista multiplica-se assim em diversos sentidos conseguindo uma consistência maior do que uma arte pré-concebida através de pré-conceitos. assim o objectivo surrealista é cumprido - encontrar uma realidade para lá da realidade formatada em que vive a nossa razão.

hoje foi o dia de pormos mãos à obra na Pó dos Livros. os próximos posts do blog serão os textos que saíram dali. são incríveis. foi uma grande noite.

Sem comentários:

Nós no Festival Silêncio, com a Cossoul

Este ano a Cossoul junta-se ao  Festival Silêncio  enquanto Parceiro Estratégico. Assim, o nosso espaço recebe parte da programação do Festi...